Reader Comments

Por Que Contratar Uma Imobiliária Para Administrar Seu Imóvel?

by João Viana (2018-05-22)


imobiliárias curitibaDiante do anunciado, vimos que a cidade apresenta diferentes tipos de espaços socialmente criados, esta diferenciação no que refere-se a segregação residencial deve ser interpretada em termo de reprodução das relações sociais dentro da sociedade capitalista, ou seja, divididaem classes. Nestecontexto a segregação residencial materializa no urbano formas diferentes de consumir espaço no que se refere a: circulação, serviços, saúde, educação e lazer, esta estrutura capitalista, reforça esta reprodução segregativa.

Não se envolver diretamente com inquilino, privacidade, controle de documentos, contratos e pagamentos. Para Zelihmann, essas são as principais vantagens oferecidas pelas imobiliárias, que garantem a "saúde da locação". Numa locação direta, os principais riscos são uma má avaliação potencial do locatário e do imóvel, a não realização de uma análise de crédito, contratos errados ou sem valor, erros ou falta de vistoria e atrasos de pagamentos.

Comprar um imóvel financiado é mais complexo do que escolher a casa ou apartamento , proceder com financiamento imobiliário, assinar contrato e fazer os pagamentos. A Constituição Federal de 1988 como meio de criar uma política de desenvolvimento e ainda de combater a especulação imobiliária traz nos termos do já citado artigo 182, especificamente no parágrafo 4º, onde prevê a criação de uma lei, mediante previsão no Plano Diretor Municipal, que possa instituir alíquotas progressivas no tempo, ou seja, a cada ano que a propriedade mantém-se desocupada e sem cumprir sua função social seu imposto será aumentado.

Quem pretende vender seu imóvel quase sempre disponibiliza a propriedade em imobiliarias. Assim que é concluída, é comum que se emita laudo de vistoria, um relatório que contém todas as informações a respeito das instalações do imóvel. Quando acontece uma locação, normalmente, a imobiliária emite. Em alguns casos, um relatório do locador ou locatário, assinado por ambos, basta como prova.

Quem opta pela segunda opção precisa estar ciente do trabalho e dos riscos que correrá, caso não escolha um bom inquilino. Já quem contrata uma imobiliária está disposto a gastar mais para ter mais comodidade e segurança no recebimento do aluguel e na manutenção do imóvel.

SE NO CONTRATO NÃO ESTIVER ESTIPULADO A MANEIRA DE USO DAS CAUÇÕES antes da devolução do imóvel, então, SÓ poderá ser usado na efetiva devolução do imóvel, para reparos e pintura do imóvel mais pagamento de algum débito vencido ou vincendo, isso se valor da caução for suficiente para quitar tudo. Sobrando valor depois de pago tudo, há correntes doutrinárias que defende a devolução do resto ao locatário e há correntes que defende a retenção em favor do locador como forma de multa em caso de quebra contratual. Leva-se em conta sempre que foi estipulado no contrato em acordo com a Lei de Inquilinato e mais algumas nuanças.

Contar com um corretor de imóveis e especialmente com uma imobiliária, é a forma certa de evitar conflitos e a inadimplência no aluguel de imóvel, entre outros problemas mais sérios. Tudo bem, pode acontecer de você ser uma pessoa bem capacitada em negociação e ser um vendedor nato, mas também pode não ser caso e aí, você não saberá dar um valor ou avaliar propostas promissoras. Para pessoas sem experiência em imóveis, contratar um corretor imobiliário é melhor a fazer.

Por possuir um ticket alto a negociação de um imóvel precisa ser segura, desde a decisão do comprador até a finalização do contrato e pagamento. A profissão de Corretor de Imóveis foi sancionada inicialmente em 27 de agosto de 1962, com a Lei nº 4.116. A nova regulamentação à profissão foi obtida com a Lei nº 6.530, de 12 de maio de 1978, permitindo exercício da profissão ao Técnico em Transações Imobiliárias Curitiba, incluindo também a atuação dos Conselhos Federal e Regionais.

Quando chega momento de realizar a compra de um imóvel, processo geralmente acompanha muitas dúvidas que nem sempre são respondidas ao comprador. Considerando fato de que essa operação exige muita atenção e entendimento em cada etapa para que processo seja realizado de forma agradável, podemos perceber a grande importância que um profissional especializado no assunto tem nesse momento.

Assim, a avaliação patrimonial serve para solucionar diferentes impasses, desde operações comerciais (como compra, venda e aluguel) até situações de litígio. Todos esses usos justificam a importância da prática, bem como indicam os casos em que pode ser adotada.

Outra situação similar ao processo de loteamento do setor Coimbra, é processo de ocupação da área onde é hoje setor Araguaína Sul. Esta área foi loteada em parte pelos proprietários fundiários e agentes imobiliários. Segundo alguns moradores que não querem seu nome identificado proprietário da área senhor José Silva que detinha a posse da terra loteou uma parte, e cedeu outra para Estado para doação a população carente, visando com essa atitude a implantação de infraestrutura, para essa localidade pelo Estado, para com isso valorizar sua área loteada. Este caso é semelhante no que se refere a estratégia do proprietário fundiário para valorizar suas terras no urbano, é mesmo caso do setor Coimbra.