Reader Comments

O Tsundoku Sincero

by João Thomas Nascimento (2018-04-25)


É um tanto complicado falar sobre esse livro sem dar spoilers. Nessa adaptação de P. Craig Russell, a cada capítulo vamos acompanhar uma aventura de Nin pelo cemitério, desde sua chegada até ter dez anos. Cada capítulo é ilustrado por um desenhista diferente, cada qual dando sua versão dos personagens e dos cenários de acordo com timbre da narrativa.

estantesDo primeiro volume, Manual do Escoteiro Mirim, em 1971, até Manual da Copa do Mundo, de 1986, foram 16 livros em capa dura (outros, em brochura) e milhares de páginas com informações sobre assuntos diversos, dicas úteis, brincadeiras, histórias ilustradas e tudo que você queria saber" a respeito de alguma coisa.

Criada em 2005 pelo empresário carioca André Garcia, a Estante Virtual inovou ao se apresentar no mercado como um portal de venda de livros novos, seminovos e usados - incluídos os raros e esgotados -, conectando de forma inédita sebos, livreiros e leitores de todas as regiões do País.

clássico de Himoru Arakawa também aparece na lista dos mais comprados. Foi 2º mangá mais vendido na Estante Virtual em setembro, 34º título na lista geral de quadrinhos. recente relançamento do mangá deve ter contribuído para isso, já que mais pessoas devem estar se desfazendo das edições antigas para comprar a nova, enquanto pessoas que não querem a nova versão (ou mesmo não sabem que existe uma nova) devem estar começando a adquirir a antiga.

A ampliação do número de caixas-estantes colecionador do Viagem pela Literatura objetiva a democratização do acesso ao livro e à leitura em Vitória. Essa descentralização é importante para oportunizar que pessoas, que não conheciam ou não tinham hábito de pegar um livro emprestado na Biblioteca, saibam que isso é possível", destaca secretário municipal de Cultura, Alcione Pinheiro.

A experiência de leitura de uma HQ é diferente da de um livro, como é diferente a forma de percebê-lo através de um filme ou uma peça de teatro. Cada justamente essa diferença que se procura usufruir nas adaptações. Essas novas formas de leitura não afetam original. Ele continuará sempre lá, preservado em seu formato, sem correr nenhum perigo.

Acredito ser completamente irrelevante discutir se histórias em quadrinhos são ou não literatura. Além de servirem, em muitos casos, como porta de entrada para gosto pela leitura em crianças e adolescentes, há uma evidente evolução de técnicas, temáticas e abordagens que não pode ser ignorada. Há Graphic Novels que são infinitamente melhores que algumas dezenas de aclamados best-sellers.

Por causa da catalogação no Guia dos Quadrinhos, tenho dado prioridade às edições brasileiras. Mas tenho muita coisa gringa sim. Da França, Argentina, Uruguai, Portugal, Inglaterra, Dinamarca, Rússia, Cuba, Peru. As pessoas costumam me trazer quadrinhos dos países que visitam e eu adoro receber esses presentes, é legal para entender como essa cultura dos quadrinhos funciona por lá.

Sempre procurei inserir algo de quadrinhos aqui na Collectors Room, e agora isso ficará ainda mais forte através da coluna Minha Estante, onde entrevistaremos colecionadores de quadrinhos e mostraremos os seus incríveis acervos, na linha do que já feito no Minha Coleção com os colecionadores de discos.

custo para adquirir um desses vai depender da região onde você esta residindo, na internet as estantes são oferecidas por preços bem competitivos, mas valor do frete pode torná-las caras. Encomendar em sua região pode ser uma boa, no entanto, os preços cobrados pelo fabricante local pode deixá-las mais desinteressantes do que comprar via rede mundial de computadores. Aproveitar equipamentos existentes em casa podem minimizar os custos, por fim fazer um ambiente amplo totalmente dedicado fica muito legal como no caso do Billy Karam (imagem acima), mas deve ser feito com muito planejamento, pois em caso de desistência da coleção no futuro poderá complicar uso do mesmo para outras finalidades.

No Brasil, as histórias em quadrinho surgiram em meados do século XIX, mas apenas se popularizou com lançamento de clássicos como A Turma da Mônica", Menino Maluquinho", A Turma do Pererê" e Tico-Tico", que é considerada a primeira revista em quadrinho lançada no Brasil, em 11 de outubro de 1905.

Sem contar outros cômodos da casa, como quarto das crianças ou até mesmo banheiro, que ficam muito mais elegantes com uso de uma estante artesanal, que vai se adaptar bem em cada cantinho, além de nos deixar muito mais felizes por ter contribuído de forma fantástica na decoração.

estantesConseguir um autógrafo na HQ que você ama e poder falar com um quadrinista que admira é muito legal, mas não deixe de aproveitar algo que só uma Comic Con pode oferecer: uma gama imensa de artistas independentes com trabalhos incríveis. Com gibis de todos os gêneros e enredos inéditos, esses artistas estão lá por conta própria acreditando em um sonho. É uma oportunidade única de conhecer novo e ainda ter um contato muito próximo com os quadrinistas. Ainda mais quando muitos deles têm obras realmente geniais. Geralmente não é tipo de material que tem acesso ao público em livrarias, em bancas", comenta Hugo Nanni, que lança na feira duas HQs, então nós depende muito dessa logística, porque (são) nesses eventos que nós consegue ter contato com público".