Reader Comments

ESTANTE PARA BONECOS Por R$175,00

by João Enzo Melo (2018-05-02)


estantesPlaymobil já tem uma parte de minha história de vida, também, pois quando era mais novo, minha mãe gostaria muito de presentear a mim e meu irmão com algumas figuras dessas, mas eram um pouco caras. Hoje, tenho um carinho especial pela coleção e vez ou outra adquiro algumas. Fora as que já dei de presente: pra meus pais, meus irmãos, cunhadas e esposa. No meu aniversário eu ganhei uma dupla de faroeste do meu filho.

Para organizar sua coleção de miniaturas, Erica comprou uma estante com um número fixo de nichos. Enfim, a novidade não tão nova agora é que a história de Fani e Leo irá parar nos quadrinhos em breve, sim, teremos um Graphic Novel da série. Vale lembrar, que a história dos HQs não estará na ordem cronológica dos livros, ou seja, não irá contar a história de Fazendo Meu Filme 1, e sim falará apenas da festa surpresa que Fani organiza para Leo, da qual não sabemos muita coisa, pois não é um acontecimento muito citado no livro. Apenas sabemos.

custo para adquirir um desses vai depender da região onde você esta residindo, na internet as estantes são oferecidas por preços bem competitivos, mas valor do frete pode torná-las caras. Encomendar em sua região pode ser uma boa, no entanto, os preços cobrados pelo fabricante local pode deixá-las mais desinteressantes do que comprar via rede mundial de computadores. Aproveitar equipamentos existentes em casa podem minimizar os custos, por fim fazer um ambiente amplo totalmente dedicado fica muito legal como no caso do Billy Karam (imagem acima), mas deve ser feito com muito planejamento, pois em caso de desistência da coleção no futuro poderá complicar uso do mesmo para outras finalidades.

Jorge Beard e Haroldo Hutchins são duas crianças cheias de energia e que adoram fazer travessuras, tantas que sobra até para os colegas de classe. Se você é um colecionador" de enfeites e recordações, com certeza precisa de espaço para organizar e expor todos os seus bibelôs, livros, decorações, enfim, que precisar! Para isso uma estante é sempre a melhor opção. Um móvel clássico que vem se renovando a cada geração, sem perder a utilidade e tomando cada vez mais um viés decorativo no ambiente.

Clássico ou não, no meu caso é manter as intenções do autor. Penso que estou a serviço dele, de seus personagens. Minha regra básica é: posso cortar, mas não posso acrescentar. Adaptações não são espaços para que eu coloque minhas próprias ideias. Para isso tenho meus livros e roteiros originais. Para que isso funcione sem sofrimento basta manter um critério: só adaptar de sua autores e obras que admiro.

Se optar por esse investimento, não seja econômico, utilize um saquinho por volume, isso é muito importante. Colocar duas HQs em uma mesma embalagem pode prejudicar suas edições. Por estarem fechadas elas acabam criando um calor dentro dos sacos e a temperatura fará as capas se colarem desbotando ou machucando seu amado quadrinho.

Terça-feira e já estamos no quarto dia daquele que é um dos melhores meses do nosso mercado com tantas obras finalmente chegando para nós. As mamães que optam por fazer uma decoração montessoriana no quarto de seus bebês podem fazer estantes no chão e dentro delas colocar brinquedo de seus filhos, só tem que haver cuidado de prendê-las bem na parede, porque quando bebê entra na fase de engatinhar e ficar em pé, ele vai usar as estantes para se apoiar e levantar.

A maioria dos colecionadores opta por definir a sua coleção por um tema. Tem gente que coleciona apenas miniaturas de uma determinada marca (Hot Wheels ou Greenlight, por exemplo), outros colecionam apenas de uma determinada montadora (Volkswagen, Audi, etc) e alguns colecionam apenas determinados modelos como Fuscas e Mustangs. Existem coleções imensas por aí apenas compostas somente de Mustangs.

Volto a este blog motivado pela última matéria sobre as lombadas de coleções ao redor do mundo, especificamente pela foto da estante do SEMI. Gostaria de inicialmente agradecer ao Leo por novamente ter me dado (epa!!!) a abertura (opa!!!) para eu escrever neste blog que muito tem me ajudado em minha coleção de quadrinhos.

Entrando no comentário da Elektra, ela foi uma miniatura que acabou decepcionando um pouco, principalmente adagas meia tortas, fiquei com receio de tentar desamassar e quebrar, relaxaram um pouco na pintura dela. Apesar desses detalhes ainda estou adorando a coleção e entre tantas miniaturas pequenos detalhes passam despercebidos.

Mauricio de Souza é sem dúvida um dos meus autores preferidos de todos os tempos, foi graças a ele que eu tinha com que me entreter nas tardes tediosas de domingo, lendo gibis ou fazendo as atividade do Almanaque da Turma da Mônica e mesmo agora com 33 anos continuo conectada com os personagens do autor, seja pelos vídeos do Mônica Toy (que sou viciadíssima) ou pelas excelentes Graphic Novels. Ler a história de vida desse homem incrível foi uma experiência gratificante e muito bom para entender um pouco da personalidade e perseverança de Maurício.