Reader Comments

A Diferença Entre Construtora E Incorporadora

by Pedro Benjamin Barros (2018-08-09)


Na seara do direito falimentar, existem inúmeras temáticas que poderão ser objetos de estudo: próprio processo de falência; a recuperação judicial para empresas de pequeno porte e microempresas; os modelos e resultados dos planos de recuperação, através de estudo de caso; os crimes de fraudes contra credores e suas penalidades; papel da Contabilidade inserido no novo preceito.

empreiteira construção de casasToda obra tem aquelas surpresas chatas que vão impactar os custos totais. Quem vai resolver qualquer falta de material ou eventualidade é dono da obra. Isso inclui prover a equipe com que estiver faltando, bem como qualquer retrabalho por serviços mal feitos. E além de tudo isso, a questão da segurança é responsabilidade do dono da obra também.

Da mesma forma que é recomendado procurar informações sobre eletrodoméstico de uma marca desconhecida, é preciso tomar referências sobre quem vai executar a sua obra. Inicialmente procure por indicações de parentes e amigos, separando pelas opções que trouxeram mais satisfação a eles. que dará mais garantias acerca da personalidade jurídica da empresa, bem como os aspectos legais do regime de contratação de seus funcionários.

Sua empresa vai construir edifícios (primeira linha) ou vai terceirizar a construção para uma empreiteira para construção de casas (segunda linha)? Se você não vai fazer a obra, mas vai criar condomínios na matrícula, é uma incorporadora. Não sei das vantagens fiscais muito bem, mas você evita lidar com a contratação e gestão de mão-de-obra de construção e com problemas do dia a dia de obra. A desvantagem é que você precisa fiscalizar intensamente a obra para não ter problemas de qualidade final.

Diante de um realidade como essa, profissional tem uma opção bem clara: especializar-se em projetos e obras para apartamentos. Primeiro porque muitas pessoas compram imóvel e em seguida querem personalizá-lo, adaptando- às próprias necessidades e aos gostos pessoais. Depois, a demanda por reparos e obras pontuais também aumenta significativamente.

Tenho um terreno(lote) e pretendo construir uma casa com a finalidade de vendê-la, não tenho intenção de entrar no ramo, a menos que me pareça um excelente negócio, também não tenho intenção de registrar empresa. que eu pretendo é somente construir um único imóvel e vender em seguida para ganhar uma grana, hoje a maioria das pessoas que adquirem imóveis nos padrões em que pretendo construir faz financiamento pela CEF, por isto pretendo observar toda a documentação do imóvel, como ART, memorial descritivo…, minha dúvida é como serei tributado sobre este imóvel em meu imposto de renda, e quais seriam as opções para minimizar os impostos, se talvez fosse um bom negócio abrir uma empresa e fechar logo em seguida assim que terminar a obra. Qualquer informação e sugestões seram bem vindas.

A menos que você seja pedreiro, obra é algo que alguém irá fazer por você. Diante disso, não dá para entregar a maior realização da sua vida nas mãos de qualquer um. Por outro lado, você não vai ficar a vida inteira preso a uma dívida gigantesca que fará do seu cotidiano um horror porque todos os recursos precisam ser destinados para pagamento das dívidas.

Se está tomando decisões de como será feita sua construção talvez já tenha se perguntado que é melhor, contratar diretamente pedreiros e outros profissionais para fazerem a casa ou se não seria melhor contratar uma pequena construtora e deixar a cargo desta a tarefa de contratar cada profissional e tomar todos os cuidados para que tudo cora bem em sua construção. Quem começa investindo em pequenas construções pode estar acostumado a contratar um engenheiro ou arquiteto como responsável da obra, contratando os prestadores de serviço (pedreiros, pintores, assentadores de revestimento, serralheiros, carpinteiros…) com indicação. Em um dado momento, volume de decisões cresce e você pode não dar conta de acompanhar tudo.

Construir diretamente: Esse é formato mais comum para pequenas reformas. proprietário contrata os serviços diretamente com os profissionais e ele mesmo coordena encanador, eletricista, azulejista, pedreiro, marceneiro e quem mais for necessário. Toda a administração da obra cabe ao proprietário, sem nenhum intermediário.

efeito estufa, as mudanças de clima e as diversas catástrofes por todo mundo, levam a conscientização de que, toda e qualquer atitude pode ser a longo prazo significativa. A preocupação com a qualidade de vida na terra, para os seres humanos, mostra-se algo urgente, uma vez que os reflexos da poluição e do desmatamento são percebidos no aquecimento global, derretimento das geleiras, nos furacões, tufões. Assim, a seguir aspectos administrativos e legais do seqüestro de carbono serão apresentados, visando não apenas suas origens, mas todos os procedimentos de implantação de projetos de seqüestro.

imoveis curitiba vendaMas, construindo sozinho, todo esse serviço de projeto, execução e gerenciamento é de sua inteira responsabilidade, tomando grande parte do seu tempo e deixando por sua conta todo e qualquer tipo de retrabalho. Outro ponto que costuma causar alguma confusão para os mais leigos é qual é papel do arquiteto e do engenheiro numa construção. primeiro tem como responsabilidade elaborar projeto arquitetônico, ou seja, que será edificado no local. Tenha em mente que deseja para poder passar para profissional evitando assim edificar áreas ociosas que podem aumentar muito custo do projeto.